Reflexão

Recompensa



Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo. (Mateus 10:41)

Galardão é uma palavra que não usamos mais, significa prêmio, recompensa ou coroação. Podemos fazer inúmeras ilustrações ou analogias lendo este verso, mas quero me ater ao óbvio. Só recebe recompensa quem faz por merecer e mais: só recebe o que mereceu. Um profeta é um homem de Deus e um justo é um homem de Deus, mas têm papéis e funções diferentes. Do ponto de vista de Deus, são apenas ferramentas diferentes neste mundo, nenhum é melhor do que o outro. Contudo, neste mundo, precisamos reconhecer que não são a mesma coisa. Devemos dar honra a quem merece a honra.

O chamado profeta aqui pode ser literalmente um profeta ou apenas um homem que fala a Palavra de Deus, seja pregando ou ensinando. O justo é aquele que, apesar de não ter foco no ensino ou pregação da Palavra de Deus, leva a sério e vive segundo estes mesmos ensinos e princípios. São dois homens de Deus.

Este é um texto que nos incentiva a receber os homens de Deus (e mulheres também, obviamente, o termo aqui é genérico). Podemos entender este “receber” como sendo literalmente receber em casa, hospedar, dar uma refeição, mas também podemos entender como sendo atentar ao ensino, ao exemplo de vida. O texto sugere, especialmente pelo verso seguinte, que seja algo prático, pois menciona dar um copo de água fria.

Sou partidário e participante de que devemos ofertar, abençoar e suprir aqueles que servem a Deus com suas vidas. Não se iluda, meu querido leitor, eu vivo sem dinheiro, nunca acumulo riquezas por mais do que algumas semanas. Compreendo a necessidade e a escassez. Mas podemos dar um copo de água fria, podemos servir um prato de comida, podemos dar um agasalho e se não tivermos nada para dar – podemos orar por e com estes homens. Um profeta é um alvo do inferno que só quem vive neste papel consegue entender. Um justo é um homem de princípios que paga o preço de abrir mão de muitas coisas agradáveis em função dos outros.

No mínimo receba e acolha carinhosamente. No mínimo ofereça suas orações com intensidade. No mínimo ofereça repartir o que o Senhor já te deu.

“Pai, é tão difícil abrir mão das coisas neste mundo. Eu fico achando que elas são minhas mas, na verdade, tudo é Teu. Me ensina, por favor, a mudar isso em mim”.

Mário Fernandez


ICHTUS.com.br é organizado e publicado por Vinicios Torres e Mário Fernandez e tem o propósito de servir à edificação do Povo de Deus. Enfatiza a fidelidade aos princípios da Palavra de Deus e o compromisso de capacitar-se pelo poder do Espírito Santo a fazer diferença na comunidade onde vive. ICHTUS não tem vinculação denominacional.
Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.