Reflexão

Salvação, um processo contínuo.



Deus criou o homem à Sua Imagem e Semelhança, nos criou para viver em intimidade e harmonia com Ele e com o demais da criação. Há um plano e um propósito maravilhoso de Deus para conosco, e que muitas vezes não nos damos conta.

O nosso pecado, que é a desobediência ou rebeldia, nos separou de DEUS que é VIDA e nos condenou ao JUÍZO que nos leva à MORTE.

Só quando reconhecemos que estamos perdidos, afastados de Deus, e condenados ao juízo é que damos conta que precisamos de SALVAÇÃO. E somente quando entendemos que todos os nossos esforços, obras e boas intenções não resultam em nada é que nos damos conta que precisamos de um SALVADOR.

Deus manifestou o SEU GRANDE AMOR para conosco em JESUS CRISTO, que morreu por causa de nossos pecados e ressuscitou para nossa RECONCILIAÇÃO.

JESUS nos oferece SALVAÇÃO e espera uma resposta sincera que procede de um coração arrependido e que confia nEle e a Ele a sua vida.

Conversão é isso, constatar que estávamos no caminho errado, dar meia volta e seguir na direção correta. O Novo Nascimento ensinado por Jesus em João 3.1-15, acontece neste momento em que depositamos nossa fé em Jesus.

Uma nova vida se inicia, tudo se faz novo (IICo 5.17). Poderíamos dizer que somos como bebês recém nascidos e que agora precisam crescer, se desenvol-ver para a nova vida que receberam, até chegarem à maturidade em Cristo.

O processo de crescimento e amadurecimento na fé é chamado de SANTIFICAÇÃO, inicia com o Novo Nascimento e só estará completo quando estivermos face a face com o nosso SENHOR E SALVADOR.

Poderíamos ainda usar como exemplo uma sementinha que é depositada em um vaso de terra. A semente contém em si toda carga genética para se tornar uma planta adulta, madura e apta para produzir frutos, mas, precisa primeiro germinar, ser suprida de luz, calor, nutrientes, umidade e cuidados para se desenvolver completa e perfeitamente e então chegar a sua maturidade.

No novo nascimento acontece algo parecido, uma sementinha é plantada em nosso coração, ela germina, cresce e amadurece pela ação e pelo Poder do Espírito Santo, mas para que isto aconteça, precisamos cultivar esta semente.

Cultivamos nossa vida de fé pelo ouvir, pelo ler, estudar e meditar na Palavra de Deus. Crescemos na intimidade com Deus quando falamos com Ele e o ouvimos na prática da oração diária e contínua. Amadurecemos na comunhão e na relação com os irmãos na fé e frutificamos quando levamos a outros a mensagem de salvação que igualmente recebemos de Cristo Jesus.

Não deixe a tua sementinha morrer, cultive-a constantemente.

Miss. Celso Misfeldt

Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.