Entrevista com o Secretário de Educação Imar Augusto
10-04-2006 20:01

O secretário de Educação Imar Augusto é formado em sociologia pela PUC/PR com Pós Graduação em Ciência Política e Magistério Superior e especialização em Geografia Física. Ex-vereador, foi escolhido para o secretariado no início da gestão após consulta do prefeito Meyer a profissionais de educação da cidade.
Tribuna da Empresa - Ao assumir a área de educação qual o conceito empregado pela sua secretaria a ser desenvolvido nos quatro anos de gestão?
Imar Augusto - Nós estabelecemos que o ano de 2005 dentro do Plano de Ação, seria um período de implantação de um processo de qualidade no trabalho dos profissionais de educação da cidade, através de cursos de qualificação e capacitação, gerando uma formação continuada. Em 2006 estamos atuando com oficinas práticas, trabalhando o lúdico, a construção dos processos pedagógicos, com equipes especializadas em diversas áreas de conhecimento. A partir destes grupos que são direcionadas as ações de trabalho, na Educação Infantil, Ensino Fundamental até a 4º série, pois as outras séries são competências do Estado.
TE - Na Educação Infantil como é organizado o trabalho?
IA - Avançamos muito pedagogicamente e estruturalmente. Assumimos a secretaria com 6.200 crianças e hoje temos cerca de 8 mil crianças, de quatro meses a seis anos de idade, atendidas no Berçário, Maternal, Jardim I, II e III. Uma novidade são as aulas em contra-turno, com o PLEI - Programa Lúdico de Educação Infantil, onde os alunos possuem atividades complementares como dança, música, psicomotricidade e construção de trabalhos manuais e concretos. Os espaços físicos foram readequados e outros construídos. Hoje, gerenciamos 30 Centros Municipais de Educação Infantil, o CEMEI. Na Educação Especial temos aproximadamente mil alunos que contam com classes especiais em escolas regulares, salas de recursos, apoio pedagógico, atendimento psico pedagógico, avaliações diagnósticas e demais encaminhamentos. Também temos um centro para cegos, escola para surdos e uma escola especial. Assumimos a secretaria com sete unidades de CEMAE - Centro Municipal de Atendimento Especializado e agora temos 19 locais. No Ensino Fundamental temos 59 escolas onde estudam aproximadamente 22 mil alunos, e também provemos a educação de jovens e adultos à noite, capacitando-os para conseguirem emprego e terem uma melhor qualidade de vida.
TE - Quanto ao trabalho na Educação Infantil e Fundamental existem muitas diferenças na organização do ensino?
IA - Não encontramos muitas diferenças pois os nossos profissionais estão aptos a atuar com o ensino de maneira geral, com uma certa ressalva no caso da Educação Especial onde é necessário um trabalho mais específico. Algumas dificuldades existem para atender a demanda, pois São José dos Pinhais é uma cidade em expansão mas, de uma maneira geral, conseguimos trabalhar bem com quase 30 mil alunos que fazem parte da rede municipal de ensino.
TE - O transporte da rede municipal é totalmente gratuito e a Prefeitura utiliza seus ônibus para as escolas estaduais. Como ocorre esta parceria?
IA - Temos um relacionamento muito bom com o governo do Estado ajudando no transporte, distribuição de merenda e concessão de prédios para a utilização de projetos do Estado, pois entendemos que todos os atendidos são munícipes. Acredito que existam hoje 26 escolas estaduais na cidade.
TE - Qual o número de funcionários na educação, e o envolvimento dos pais dos alunos?
IA - São 2.533 profissionais de educação, e eu os chamo, a todos, de profissionais da educação, desde o motorista, a servente, secretária, cozinheira, diretora e coordenadora, pois eles estão envolvidos no processo de ensino e aprendizagem de nossas crianças.
Queremos cada vez mais nos aproximar dos pais, trazendo-os para as escolas, por meio do projeto Pais Atuantes, que começou já no nosso primeiro ano. Todas as escolas de educação infantil passaram a ter um maior relacionamento com os pais, através de palestras, encontros e eventos de confraternização. Uma das grandes metas do Prefeito Leopoldo Meyer é fazer com que as famílias tenham esse envolvimento.
TE - Novas escolas estão sendo construídas e em quais regiões?
IA - Todas as localidades do município que possuem grande concentração populacional possuem escolas sendo ampliadas e construídas, como exemplo, Planta São Marcos, Jardim Fabíola e Guatupê. Em 2005 foram seis novas unidades e neste ano até agora foram criadas mais seis, com mais quatro a serem inauguradas e em planejamento outras unidades, e muitas com quadras cobertas. A secretaria está investindo cerca de 34% do orçamento do Executivo na área, sendo quase 10% a mais do que o exigido por lei para a Educação. O mais importante é que estamos investindo no ser humano, nas nossas crianças e este investimento jamais terá desvalorização. Devemos ressaltar que o nosso prefeito Meyer é um administrador de visão, pois ele sabe que a cidade que estamos construindo passa pela formação do cidadão do futuro e aqui em São José dos Pinhais isto de fato está acontecendo.
TE - Sobre a participação da iniciativa privada na Educação, como a secretaria vem trabalhando?
IA - Temos parcerias com vários segmentos privados na cidade, pois a participação do empresariado local junto à Educação tem colaborado muito para o desenvolvimento da escola pública de qualidade.

Foto: O prefeito Leopoldo Meyer e o secretário Imar Augusto com alunos da rede municipal de ensino.

Publicado: Assessoria de Imprensa da ACIAP