29ª Festa da Colheita é neste final de semana
18-03-2015 08:21

No próximo domingo (22), na paróquia Sagrado Coração de Jesus, na Colônia Murici, acontece a 29ª edição da Festa da Colheita, evento que conta com o apoio da Prefeitura de São José dos Pinhais. Para as últimas definições o prefeito Luiz Carlos Setim se reuniu na última semana com membros da equipe Executiva de Administração e Economia (EEAE) da igreja local, representantes da Polícia Militar e da Guarda Municipal para definir os últimos preparativos.

“A Festa da Colheita é um dos eventos mais tradicionais do Município. Ela simboliza a prosperidade do trabalho local, feito desde os primeiros imigrantes ao se instalarem na Colônia, e é também uma forma de valorizar o setor agrícola são-joseense, até hoje de grande importância para a economia e tradição da nossa região”, disse o prefeito de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim.

A programação começa às 9h30 com a missa solene. Às 9h45, com saída da Rotatória do Caminho do Vinho, realiza-se a tradicional cavalgada, seguida do Desfile Encenado em Agradecimento à Colheita. No almoço serão servidas comidas típicas da região, como pierogi (um tipo de pastel cozido), risoto, churrasco e costela fogo de chão. A comissão organizadora lembra a necessidade de levar pratos e talheres.

À tarde o evento contará com diversas atrações. Durante o almoço serão sorteados prêmios, incluindo um boi, que farão parte da roleta com rodadas especiais. Às 14h tem início o bingo beneficente, tendo como 1º prêmio R$ 3 mil. As Apresentações folclóricas, coordenadas pelos grupos Wawel (tradição polonesa) e Cuore D’Itália, tem início às 16h. Logo após, o Show de Prêmios, tendo como 1º prêmioR$ 3 mil, 2º e 3º prêmiosR$ 1 mil e do 4º ao 7º prêmio R$ 500.

Além de servidores da Prefeitura, a reunião com o prefeito também contou com a participação dos vereadores Alberto “Tico” Setnarsky e Nina Singer.

Sobre a festividade local
A Festa da Colheita, uma expressão religiosa e cultural criada por descendentes de imigrantes poloneses e italianos, é um evento de agradecimento pelas boas colheitas. Ela surgiu em 1987 e tornou-se uma das festas mais importantes do Município.

Além da Festa da Colheita, a comunidade da Colônia Murici realiza também a Festa do Padroeiro Sagrado Coração de Jesus e a tradicional Noite Polonesa, popularmente conhecida como Festa da Vodka.

A história da Colônia
Em 1878 vieram para São José dos Pinhais cerca de 560 imigrantes de origem polonesa e italiana, que se situaram em 2.891 hectares de terra, distribuídos em quatro colônias. Uma delas foi a Colônia Murici, além da Zacarias, Inspetor Carvalho (Gamelas) e Accioly

Depois de abrir a mata fechada por araucárias (pinheiros, árvore típica da região), era preciso fabricar as residências. Estas foram feitas com os troncos destas árvores. Como não tinham ferramentas adequadas, o jeito foi usar a técnica aprendida na Europa (chamada de Dom Weglow, típica da região das aldeias do sul da Polônia), na qual as casas eram feitas em módulos de encaixe, sem pregos, e revestidas com uma “argamassa” especial.

No país de origem, a religião católica era predominante (92%). A necessidade espiritual de um local apropriado para os encontros religiosos fez com que se erguesse uma igrejinha de madeira (por volta de 1881-1884), feita pelos próprios moradores. Mas, foi com a vinda, em 1900, do primeiro pároco, padre Karoll Dworaczek, que se deu início a igreja de alvenaria da colônia, que é hoje o prédio da Paróquia Sagrado Coração de Jesus.

Como vários desses descendentes eram de origem rural nos seus países de origem, os imigrantes e descendentes que se instalaram na Colônia Murici se dedicaram à agricultura, que até hoje é o setor econômico predominante na região.



Publicado: Comunicação Social da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais
POW INTERNET
POW INTERNET