UVZ alerta para maior presença de morcegos na cidade nesta época do ano
28-12-2020 16:55

Um morcego foi encontrado caído na calçada em via publica perto da Avenida das Américas, no último domingo (27). O animal estava vivo e foi encaminhado pela Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), da Secretaria Municipal de Saúde (Sems), para conferir se possuía a doença da raiva sendo constatado negativo neste caso.



A UVZ explica que em época de reprodução é mais comum encontrar morcegos nas áreas urbanas. Muitas vezes, os morcegos insetívoros, aqueles que se alimentam de insetos, saem para se alimentar nas áreas urbanas e acabam não conseguindo voltar.



Neste caso o animal foi encontrado por um pedestre que acionou a Guarda Municipal que fez a ponte com a Unidade de Vigilância de Zoonoses. Em nenhuma hipótese deve-se tentar capturar ou manipular morcegos e demais animais silvestres, devido ao risco de transmissão da raiva e outras zoonoses.



A Unidade de Vigilância de Zoonoses informa que caso os animais estejam caídos no piso, o isolamento do animal pode ser feito com um balde com a boca virada para baixo para cobrir, até que uma equipe seja deslocada ao local para recolhimento utilizando equipamentos de proteção individual adequados.



Caso o animal tenha tido contato com outros animais e pessoas, o Laboratório Central do Estado (LACEN) é responsável por realizar o diagnóstico do material coletado do mamífero.



A UVZ reitera que a maioria dos morcegos encontra-se saudável – em seu habitat natural – e possui papel biológico importante no controle de insetos e na disseminação de sementes. Lembrando que, os morcegos são animais protegidos pela Lei Federal de Crimes Ambientais (9605/ 98), que considera crime praticar atos de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados.



Também alerta aos moradores que caso encontrem morcegos nas imediações ou em sua residência, vivo ou morto, que entre em contato com a Unidade de Vigilância de Zoonoses via telefone (41) 3384-1228 ou Whatsapp (41) 8508-0800 e (41)8802-2020.



Prevenção contra raiva



A raiva se trata de uma doença viral aguda, com taxa de mortalidade próxima a 100%, transmitida através da saliva de animais contaminados, podendo acometer animais domésticos, silvestres e humanos (zoonose).  



A forma mais eficiente e segura de prevenção da raiva é a vacinação antirrábica anual dos cães e gatos. A vacina antirrábica é oferecida o ano todo de forma gratuita na Unidade de Vigilância de Zoonoses, localizada na Rua José Nogueira, nº 406, bairro São Francisco, próxima ao Caminho do Vinho.



Por Laís da Rosa Coelho



Publicado: Comunicação Social da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais