Educação

Ministério da Educação pretende complementar ensino médio com cursos profissionais em 2006
18-01-2006 16:13

Brasília - Para que os estudantes possam concluir o ensino médio com formação profissional na mesma escola, o governo criou uma nova modalidade de ensino. A partir deste ano, o Ministério da Educação (MEC) vai complementar o ensino médio com os cursos de formação profissional.

A expectativa é que essa nova modalidade de ensino efetue 40 mil matrículas. As vagas serão oferecidas em 20 estados. De acordo com o MEC, se forem consideradas as matrículas da rede de escolas técnicas haverá um acréscimo de 50% na educação profissional brasileira.

Para a diretora do Departamento de Políticas do Ensino Médio, do Ministério da Educação, Lúcia Lodi, a integração do ensino médio com a educação profissional representa a possibilidade de romper a dualidade que ao longo do tempo se manifesta no sistema escolar.

"A escola brasileira vive o dilema de oferecer ou educação profissional ou a formação geral. Então hoje estamos buscamos uma alternativa de assegurar duas dimensões importantes para a formação dos nossos adolescentes num único curso, numa única escola", afirma.

Lúcia disse que serão oferecidos cursos de formação nas áreas de saúde, informática, turismo, e outros, de acordo com a necessidade de cada região. Os cursos poderão ter duração de três ou quatro anos. Parte do investimento sairá do Programa de Equalização das Oportunidades de Acesso à Educação Básica (Prodeb).

De acordo como o Ministério da Educação as escolas interessadas em implantar esses cursos deverão procurar as secretarias estaduais de educação, para fazer uma avaliação da estrutura escolar, dos recursos materiais e disponibilidade dos professores das áreas profissionais.

Daniel L’acosta
Da Voz do Brasil
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado