Educação

Operação 'Volta às Aulas' investiga moradores de SJP
02-12-2015 14:36

Moradores de São José dos Pinhais podem estar envolvidos num esquema ilegal de emissão de diplomas de Ensino Fundamental e Médio. Os certificados falsos estariam sendo emitidos desde 2004, ano de fundação de uma das escolas de Ensino Supletivo envolvidas. Todas funcionavam em Curitiba, onde cinco pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (2). Uma ainda está foragida.

A polícia cumpriu seis mandados de prisão e 26 de busca e apreensão, inclusive na casa de alunos que receberam os certificados. A operação aconteceu na Capital e também em SJP, Fazenda Rio Grande, Piraquara e Pinhais. Duas empresas de ensino supletivo e uma de ensino a distância participavam da fraude, segundo a polícia.

O esquema permitia que os alunos não precisassem assistir aulas ou fazer provas. Elas eram fraudadas, junto com documentos pessoais dos alunos, e enviadas a Secretaria Estadual de Educação para homologação dos diplomas e certificados. Para entregar o diploma as empresas cobravam até R$ 1,7 mil dos alunos.

Na sede das empresas foram apreendidas provas em branco feitas em folha sulfite, já com as notas que aprovavam os alunos, assinada por uma equipe pedagógica.

Todos os envolvidos responderão pelo crime de falsificação de documento público, falsidade ideológica, estelionato e associação criminosa. Os alunos que se beneficiaram da fraude serão ouvidos e poderão responder por uso de documento falso.

Publicado: GuiaSJP.com - Jornalista Mauren Luc (Reprodução autorizada mediante citação do GuiaSJP.com)
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado