Empresa

Construção Civil deverá fazer correta destinação de resíduos
25-09-2014 16:06

Chamado de Plano de Logística Reversa, o documento entregue ontem (24) à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) prevê ações para a criação de mecanismos que efetuem a correta destinação de resíduos gerados em obras da Construção Civil no Paraná. A redução de geração desses resíduos também está no Plano, entregue pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Paraná (Sinduscon).

As ações serão colocadas em prática por meio de um comitê gestor, formado por representantes da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBic), Sema, Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e Instituto Ambiental do Paraná (IAP), além do Sinduscon.

A atuação do comitê será embasada sobre dois pilares: sustentabilidade e destino correto do resíduo da construção civil. Uma das primeiras ações do grupo deverá ser a identificação dos principais parceiros do setor e a adoção de um plano de comunicação dirigida, para a conscientização dos processos que deverão ser adotados pelos fornecedores e associados.

A expectativa é de que as ações desenvolvidas no Paraná sirvam de modelo para outros Estados. A política instituiu, entre outros pontos, a obrigatoriedade da Logística Reversa – o caminho contrário que o produto faz após o seu consumo, passando por toda cadeia produtiva, voltando até o fabricante, que lhe dará a destinação final, ambientalmente correta.

Publicado: GuiaSJP.com - Jornalista Mauren Luc (Reprodução autorizada mediante citação do GuiaSJP.com)
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.