Empresa

Novo sistema realiza cadastro prévio de caminhões no Porto
08-05-2008 13:57

O gerenciamento dos caminhões que chegam ao pátio de triagem do Porto de Paranaguá nesta safra está mais ágil e seguro com o uso de uma ferramenta implantada pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). O sistema permite, por meio da internet, que o cadastro dos caminhões carregados com grãos seja feito antecipadamente, de qualquer lugar do Brasil. Outra vantagem do sistema é que ele impede a burla fiscal.

O gerente de logística da Cotriguaçu, Rodrigo Coelho, disse que a empresa já está adotando o cadastro antecipado e aprovou a ferramenta. “Melhorou bastante o gerenciamento porque os terminais têm mais controle sobre todos os produtos que são carregados, além de dar condições de controlar quantos caminhões estão na estrada, vindo para o terminal. Antes, não tínhamos esta visão logística de movimento”, disse.

De acordo com o chefe de operações da Appa, Clauber Candian, a ferramenta está disponível desde o fim do ano passado. Mas foi a partir do início deste ano que os operadores portuários passaram a usa-la. Além de agilizar a operação, o sistema impede a burla fiscal como a troca de cavalinhos dos caminhões, já que o cadastro exige as placas dos veículos para que o caminhoneiro entre no pátio de triagem. Dessa forma, o desvio de carga é dificultado.

“Atualmente, mais de 95% dos caminhões que chegam ao pátio já foram cadastrados previamente. Isso otimizou o sistema, além de ter dado maior capacidade de fiscalização para o Porto e também controle para os operadores, que podem verificar seus estoques sem qualquer interferência”, afirmou Candian.

Controle - O cadastro pode ser feito em qualquer lugar do país, via internet, e também na hora da chegada do caminhão ao pátio de triagem, só que pelo operador portuário. Antes da adoção da ferramenta, o cadastro dos caminhões era feito apenas no momento de chegada ao pátio, pela autoridade portuária. “O caminhão chegava com a nota fiscal indicando onde deveria ser descarregada a carga. Muitas vezes, o operador portuário não tinha espaço ou não havia autorizado a vinda daquele caminhão, causando lentidão no processo”, explicou Candian.

Agora, todas as sextas-feiras, o Departamento de Operações da Appa consulta o estoque de cada um dos terminais graneleiros e verifica quanto cada um precisa de carga para aquela semana. “Nós liberamos uma quota de caminhões para cada terminal toda semana. Com isso, evita-se mandar quantos caminhões quiser, desordenadamente, causando lentidão e até mesmo filas de caminhões na BR 277”, explicou o chefe de operações.

AEN
Foto: Rodrigo Leal-APPA
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.