Empresa

Paraná é exemplo para o país em políticas públicas para micro e pequenas empresas
06-05-2008 08:59

As políticas públicas adotadas pelo Governo do Paraná e que possibilitaram manter índice de sobrevivência acima de 70% para empresas de pequeno porte foram ressaltadas por entidades, nesta segunda-feira (05), durante a 5.ª Convenção Nacional da Micro e Pequena Empresa. “Estes agradecimentos devem ser dirigidos ao conjunto do governo, que tem idéia muito clara do que é o desenvolvimento econômico, e a todos os empresários que, alavancados pelos apoios ficais proporcionados pelo governo do Paraná, geraram mais de 517 mil empregos em cinco anos”, afirmou o governador Roberto Requião.

O evento foi promovido pela Confederação Nacional da Micro e Pequena Indústria (Conampi), no auditório do Sebrae, em Curitiba, e contou com representantes de 22 Estados. De acordo com Requião, o Paraná tem uma economia absolutamente transparente e é o único Estado em que todas as despesas estão disponíveis na internet. “Tentamos estabelecer, no nosso Paraná, uma referência para o Brasil, uma referência desenvolvimentista”, disse.

De acordo com o governador, o governo do Paraná está começando discutir também uma mudança tributária, que será a partir da redução de impostos de todos os bens comprados com o salário do trabalhador. “A proposta, pioneira para o Brasil, vai impulsionar de forma muito significativa a nossa economia. Mas ainda estamos fazendo simulações, verificando as possibilidades e abrindo a discussão”, explicou Requião.

EXEMPLO – Para o presidente da Comanpi, Ercílio Santinoni, o governo Roberto Requião ofereceu muitos benefícios às micro e pequenas empresas e é exemplo nas mudanças em benefício desse seguimento em todo o Brasil. Segundo Santinoni, o setor, hoje, representa 99,2% dos empreendimentos brasileiros, e o governador do Paraná reconheceu as necessidades das empesas, criando políticas públicas de incentivo e assessoramento. “É por isso que Requião tornou-se exemplo de gestor público, pois não existe, em nenhum outro Estado brasileiro, um governo tão atuante, efetivo e solidário para com a micro e pequena empresa”, afirmou.

O diretor-técnico do Sebrae Nacional, Luiz Carlos Barboza, também disse que o governo paranaense é referência, em termos de políticas públicas para micro e pequenas empresas. “Quando conversamos com outros governos estaduais utilizamos o Paraná como exemplo, no sentido de propiciar essa melhoria de condições para que o setor contribua para o progresso e desenvolvimento do nosso país”, declarou.

Para o presidente do Sistema Fecomércio (Sesc e Senac), Darci Piana, a união entre setor privado e governo e o apoio do Governo do Estado, faz com que o Paraná seja líder brasileiro não só na geração de empregos, mas também de empresas que não morrem no primeiro ano de vida. “Temos apenas 25% das empresas que começam e terminam antes de um ano de prazo contra 52% dos outros Estados brasileiros. Então, nós já estamos na frente”, contou ele.

PESQUISA – Atualmente, o Paraná possui 450 mil micro e pequenas empresas formais. Pesquisa divulgada pelo Sebrae no Paraná, no ano passado, revelou que aquelas com mais de dois anos de funcionamento têm taxa de sucesso de 74,8%. Ou seja, de cada 100 pequenos negócios abertos no Estado, 75 dão certo, no período considerado mais crítico para as micro e pequenas empresas.

A pesquisa foi realizada em todos os Estados brasileiros pelo Instituto Vox Populi e analisou a média de mortalidade das micro e pequenas empresas abertas entre 2003 e 2005 e os fatores de sobrevivência e fechamento. O número pode ser considerado mais um passo para o fortalecimento do setor, já que a taxa nacional de sucesso, apurada em pesquisa anterior, com empresas abertas entre 2000 e 2002, era de 50,6%.

AEN
Foto-Roberto Corradini-SECS
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.