Segurança

Aeronáutica apresentará relatório para parentes de vítimas da Gol na quarta-feira
08-12-2008 08:22

Brasília - O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, por meio de nota divulgada no sábado (6), informou que o relatório final do acidente com o vôo 1907 será apresentado aos parentes das vítimas na próxima quarta-feira (10), às 13h, no Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, em Brasília.

De acordo com a nota, as famílias foram convidadas ontem (5) para participar da apresentação do documento. A Aeronáutica só vai divulgar o conteúdo do relatório à imprensa depois de cumprir o compromisso de dar as informações primeiro aos parentes das vítimas.

Segundo reportagem publicada pela Folha de S.Paulo, o relatório mostra que os pilotos do jato Legacy, que colidiu com o Boeing da Gol, em setembro de 2006, manusearam o transponder de forma errada. A colisão causou a segunda maior tragédia da aviação brasileira, com a morte de 154 pessoas.

Na nota, a Aeronáutica não confima e nem nega o conteúdo da reportagem e informa alguns pontos do relatório. De a acordo com a Aeronáutica, não foram encontrados erros de projeto ou de integração nos equipamentos de comunicação, transponder e Tcas (anticolisão) da aeronave N600XL (Legacy).

O relatório concluiu ainda, de acordo com a Aeronáutica, que, entre os dias 29 e 31 de janeiro, os dois pilotos americanos foram ouvidos, individualmente, na sede do NTSB (National Transportation Safety Board), em Washington, nos Estados Unidos. Na ocasião, eles ouviram as duas horas de gravação do áudio registrado pela caixa-preta da aeronave N600XL e responderam a um longo questionário elaborado pela comissão de investigação do acidente.

No depoimento, os pilotos disseram que não realizaram nenhuma ação intencional para a interrupção do funcionamento do transponder e, conseqüentemente, do sistema anticolisão da aeronave, assim como também não perceberam ou recordam de terem feito algo que pudesse ter ocasionado a interrupção, de forma acidental, do funcionamento dos referidos equipamentos.

De acordo com a nota, assinada pelo chefe do Cenipa, brigadeiro-do-ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, algumas normas e procedimentos não foram corretamente executados na ocorrência, o que levou a comissão a analisar os motivos pelos quais isto ocorreu, com o objetivo de elaborar recomendações de segurança de vôo.

O relatório concluiu ainda que não se encontrou, entre as causas do acidente, indicação de influência de cobertura radar, por ineficiência ou deficiência de equipamentos de comunicação, e vigilância no controle de tráfego aéreo.


Luciana Lima
Repórter da Agência Brasil
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.