Segurança

Gaeco denuncia 18 envolvidos em fraude da Receita Estadual
27-10-2015 15:49

Dezoito pessoas foram denunciadas hoje (terça), à justiça, por envolvimento em fraudes na Receita Estadual do Paraná. Elas foram alvos da terceira fase da Operação Publicano, desencadeada no começo do mês para apurar um esquema de corrupção praticado por auditores fiscais, contadores e empresários. As investigações apontam que o esquema pode ter movimentado mais de R$ 50 milhões de reais, que já foram bloqueados pela justiça a pedido do Gaeco.

De acordo com o promotor Jorge Barreto da Costa, esta fase da investigação foi específica em cima do núcleo liderado pelo auditor fiscal José Luiz Favoretto, ex-delegado da Receita Estadual em Londrina.

Segundo o Gaeco, ainda há uma pessoa foragida. Dos dezoito denunciados nesta fase, dois são parentes do ex-delegado e os outros advogados e colaboradores do esquema.

A primeira fase da Publicano ocorreu em março, e a segunda em meados de junho, e já tem quase 190 pessoas denunciadas. Algumas delas citadas nas três fases, em que se apurou um extenso esquema de fraudes e sonegação de impostos. O Gaeco não descarta novas fases da operação.

Desde o começo da operação, já foram feitas mais de 80 prisões, inclusive a do próprio ex-inspetor geral da Receita, que é o cargo máximo do órgão. A maior parte dos acusados trabalhava na delegacia de Londrina, no Norte do Paraná.

Fonte: BandNews Curitiba
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.