Maná da Segunda

Maná da Segunda - Abrir Espaço Podando Atividades Infrutíferas



Por Jim Mathis

Durante vários anos fui membro de duas câmaras de comércio locais. As pessoas que encontrei e as atividades que desenvolvemos foram todas muito estimulantes e úteis para mim pessoalmente e para meu negócio. Poucos anos atrás tomei a difícil decisão de cancelar minha inscrição a fim de ter mais tempo para outros interesses.

Por cerca de 35 anos estive envolvido com um maravilhoso evento chamado de Overland Park Mayor’s Prayer Breakfeast. Este ano decidi me afastar e deixar que outros continuem com esta grande tradição.

Adotei medidas em outras áreas da minha vida para reduzir minhas atividades usando este princípio geral para guiar minhas decisões: “Você não pode fazer tudo. Na verdade, você pode fazer apenas poucas coisas, se quiser fazê-las bem.”

Uma boa metáfora para esta abordagem à vida cotidiana é a poda necessária a algumas plantas para que floresçam. Exemplos disso são as videiras e as roseiras. Às vezes, cortamos fora galhos velhos e secos; outras vezes precisamos aparar novos brotos para que toda a videira frutifique mais.

Aplicando esse princípio às atividades humanas, poderíamos chamar isso de “criar espaço”. Penso em espaço como uma possibilidade de crescimento. Engenheiros chamariam isso de capacidade excedente. Se estivermos sempre operando no máximo, com toda velocidade à frente, mais cedo ou mais tarde vamos nos esgotar, a ponto de chegarmos à extrema exaustão e total ineficiência, ou estaremos fazendo um trabalho deficiente em todas as áreas.

Falando a Seus discípulos, Jesus Se referiu a isso quando declarou: “Eu sou a videira verdadeira, e Meu Pai é o agricultor. Todo o ramo que, estando em Mim, não dá fruto, Ele corta; e todo que dá fruto Ele poda, para que dê mais fruto ainda.” (João 15:1-2). Jesus estava falando especificamente sobre crescimento espiritual, mas o princípio se aplica a todas as áreas da vida, quer estejamos no mercado de trabalho, em nossas casas com nossas famílias, ou engajados em atividades em nossa vizinhança e comunidade.

Ninguém pode ser o melhor em tudo. Para ser excelente em algumas coisas é preciso estar disposto a abrir mão, ou pelo menos reduzir, o nosso envolvimento em outras coisas. Às vezes, descobrimos que atividades que antes apreciávamos e achávamos úteis já cumpriram seu propósito e é tempo de avançarmos para outras coisas. Como Eclesiastes 3:1-8 nos diz, “Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu... tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou... tempo de derrubar e tempo de construir... tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las... tempo de rasgar e tempo de costurar...”

Para os que entre nós são seguidores de Cristo Jesus, há outro ponto vital para sermos frutíferos. Ele disse: “Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em Mim e Eu nele, esse dará muito fruto; pois sem Mim vocês não podem fazer coisa alguma.” (João 15:5). Mesmo que estejamos ocupados fazendo coisas boas, a menos que estejamos confiando na sabedoria, força e direção de Deus, jamais produziremos o resultado que esperamos.

Ao proceder a essa “poda” em minha própria vida, determinei que para o futuro próximo quero me envolver nas atividades que Deus tem para mim. Por agora, isso significa que passarei mais tempo escrevendo, o que requer espaço em minha vida para pesquisar, fazer perguntas e, é claro, pensar. Estou no meio de um livro e me reunindo com o meu coautor para trabalhar em outro projeto. Eu confio que eles provarão ser empreendimentos que “darão muito fruto”. Você está envolvido em atividades que acredita serem as mais frutíferas?

Próxima semana tem mais!

Texto de autoria de Jim Mathis, dono de um Estúdio de Fotografia em Overland Park, Kansas, USA, especializado em trabalhos corporativos, comerciais e artes dramáticas. Também dirige uma Escola de Fotografia. Jim é autor de "Câmaras de Alto desempenho", livro para pessoas comuns sobre fotografia digital. Foi dono de uma Cafeteria e Diretor Executivo do CBMC, em Kansas City, Kansas, Missouri. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de Juan Nieto..

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2019 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Como você acha que uma pessoa pode determinar se está ou não envolvida em fazer as coisas certas ou se está assumindo coisas demais ao mesmo tempo?

2. Quanto “espaço” você tem em sua vida ou em seu trabalho? Você está envolvido demais e comprometido com muitas coisas, o que o leva a sentir-se esgotado e não realizado? Que passos poderia dar para criar mais “espaço” em sua vida?

3. Você já observou ou procedeu à poda de uma planta? Qual o propósito disso? Quais os resultados?

4. O que você acredita que Jesus tinha em mente quando falou a Seus seguidores sobre a necessidade de cada um deles ser “podado”? Como isso se daria na vida diária? Você acha que está sendo “podado” no momento? Já passou por uma “poda” no passado? Explique sua resposta.

 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Eclesiastes 9:10; João 5:5-16; Gálatas 6:9-10; Efésios 5:15-18; Colossenses 4:5.

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.