Maná da Segunda

Maná da Segunda: Seduzido Pela Desonestidade e Falta de Ética



Por Robert J. Tamasy



Seria muito bom se, no mundo dos negócios, todos aceitassem e aplicassem as mesmas regras. Porém, em nome da competição e da busca incessante por aumento de produtividade e margem de lucro, muitos transigem com a ética e usam métodos enganosos para atingir os objetivos.



Temos ouvido de altos executivos que manipularam grosseiramente relatórios financeiros, enganando empregados, acionistas e clientes, com o objetivo de engordar a própria carteira de investimentos. Mas, o comportamento antiético não se restringe à área executiva. A tentação de burlar regras para progredir na carreira, receber contra-cheque mais polpudo ou pressionar competidores, ocorre em todas as esferas.



“Os fins justificam os meios” é o velho ditado. Mas é preciso ver se esses “meios” envolvem trapaça, desonestidade, informação falsa ou um mergulho nas áreas cinzentas de padrões morais e éticos. Atingir o fim desejado, dificilmente servirá de justificativa para adoção de procedimentos duvidosos, que tornam insensível a consciência e corrompem a integridade.



Como consumidor, espero que um produto, seja ele um automóvel ou uma caixa de cereais, apresente as qualidades prometidas. Quando era editor de revistas, ao lidar com os impressores, preferia ouvi-los admitir de antemão que não poderiam cumprir um prazo importante, que vê-los deixar de apresentar o trabalho na data aprazada e dar desculpas por terem falhado.



Como executivo, ao selecionar potenciais empregados, sempre tive mais respeito por candidatos que admitiam suas limitações na área educacional, de treinamento ou experiência, do que por aqueles que prestavam informações falsas sobre si mesmos e sua capacitação. De tempos em tempos ouvimos falar de treinadores, jornalistas e médicos que enfeitaram seus currículos com o objetivo de impressionar futuros empregadores.



O livro de Provérbios tem muito a dizer sobre as vantagens de se viver e trabalhar segundo a filosofia de sempre fazer o certo, ao invés de usar de desonestidade e engano para ser bem-sucedido.



. Práticas impróprias destroem quem as implementam. Más ações trazem consigo suas conseqüências. “A retidão dos irrepreensíveis lhes abre um caminho reto, mas os ímpios são abatidos por sua própria impiedade. A justiça dos justos os livra, mas o desejo dos infiéis os aprisiona" (Prov. 11.5-6).



. Distinguir entre o certo e o errado é universal. Esperamos que cada membro da sociedade, mesmo as crianças, apresente comportamento apropriado. Se esperamos que os jovens façam o que é certo, não deveríamos esperar ainda mais de nós mesmos, adultos? “Até a criança mostra o que é por suas ações; o seu procedimento revelará se ela é pura e justa” (Provérbios 20.11).



. Compromisso com padrões éticos elevados traz recompensa. Assim como atos impróprios acarretam conseqüências, também elevados padrões profissionais serão recompensados, por uma boa reputação, consciência tranqüila, progressos na carreira e, geralmente, ganhos maiores. “Quem segue a justiça e a lealdade encontra vida, justiça e honra” (Provérbios 21.21).



. Transações antiéticas e enganosas produzem resultados de curta duração. Ao ser enganado ou tratado de forma injusta nos negócios, você fica desconfiado ao realizar futuros negócios com a mesma pessoa ou empresa. É o ditado: “Me enganou uma vez, culpa sua; me enganou duas vezes, culpa minha!” “Não se aborreça por causa dos maus, nem tenha inveja dos ímpios, pois não há futuro para o mau, e a lâmpada dos ímpios se apagará” (Provérbios 24.19-20).



Texto de autoria de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Veterano com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros. Recentemente colaborou com David A. Stoddard em "The Heart of Mentoring: 10 Proven Principles for Developing People to Their Fullest Potential" (A Essência de Mentorear: 10 Princípios Provados Para o Desenvolvimento Pessoal em Todo o Seu Potencial" e, com Ken Johnson, “Pursuing Life With a Shepherd’s Heart” (Vivendo Com um Coração de Pastor). Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes.




MANÁ DA SEGUNDA® é uma edição semanal do CBMC INTERNATIONAL, uma organização de âmbito mundial, não-denominacional, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial.
Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.