Mensagem do dia

Mensagem do Dia 17: Correndo para Deus



Leitura: 2 Reis 23.1-3

O rei colocou-se... na presença do SENHOR,... comprometendo-se a seguir o SENHOR... (v. 3a)

Ao ouvir Deus prometer, através de Hulda, que não veria “toda a desgraça que vou trazer sobre este lugar” (22.20), Josias podia ter-se congratulado com sua própria piedade: “Graças a Deus, eu não terei que agüentar a desgraça vindoura”. Mas ele não pensou nada disso. Muito pelo contrário: mal ouvira a Palavra do Senhor, ele promoveu uma mudança radical de rumo para seu povo amado.
Onde começaria? Como mudaria o rumo de todo um povo? Daria mais uma bronca? Baixaria um decreto real? Ou desistiria antes de começar, já que nada adiantaria? Pediria para Deus enviar outro? Oraria por um milagre, ou até para Deus desistir de castigar?
Josias, na época um jovem de 20 anos (2Cr 34.3), não hesitou, tomando passos que são instrutivos para nós. Primeiro, ele subiu ao templo do SENHOR acompanhado por todos os homens... todo o povo, dos mais simples aos mais importantes (23.2). Sabia que as assolações enfrentadas pelos povos interessam ao nosso Deus! No mínimo, Josias conhecia a história do rei Ezequias, que, ao receber uma carta inimiga que ameaçava invasão e morte, rasgou as suas vestes, pôs roupas de luto e entrou no templo do SENHOR (2Rs 19.1).
Em segundo lugar, Josias leu a Palavra de Deus para todo seu povo, e assumiu, ele mesmo, fazer um pacto com Deus em favor do povo. O pacto era uma promessa de que todos seguiriam o Senhor e obedeceriam aos Seus mandamentos, e isso de todo o coração e de toda a alma (2Rs 23.3).
“Só isso?” Por ora, somente isso, que já é grande coisa!
Se todos agíssemos assim, como seria a vida de nosso povo?

Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Mensagem do Dia 17 -> Correndo para Deus



Leitura: 2 Reis 23.1-3

O rei colocou-se... na presença do SENHOR,... comprometendo-se a seguir o SENHOR... (v. 3a)

Ao ouvir Deus prometer, através de Hulda, que não veria “toda a desgraça que vou trazer sobre este lugar” (22.20), Josias podia ter-se congratulado com sua própria piedade: “Graças a Deus, eu não terei que agüentar a desgraça vindoura”. Mas ele não pensou nada disso. Muito pelo contrário: mal ouvira a Palavra do Senhor, ele promoveu uma mudança radical de rumo para seu povo amado.
Onde começaria? Como mudaria o rumo de todo um povo? Daria mais uma bronca? Baixaria um decreto real? Ou desistiria antes de começar, já que nada adiantaria? Pediria para Deus enviar outro? Oraria por um milagre, ou até para Deus desistir de castigar?
Josias, na época um jovem de 20 anos (2Cr 34.3), não hesitou, tomando passos que são instrutivos para nós. Primeiro, ele subiu ao templo do SENHOR acompanhado por todos os homens... todo o povo, dos mais simples aos mais importantes (23.2). Sabia que as assolações enfrentadas pelos povos interessam ao nosso Deus! No mínimo, Josias conhecia a história do rei Ezequias, que, ao receber uma carta inimiga que ameaçava invasão e morte, rasgou as suas vestes, pôs roupas de luto e entrou no templo do SENHOR (2Rs 19.1).
Em segundo lugar, Josias leu a Palavra de Deus para todo seu povo, e assumiu, ele mesmo, fazer um pacto com Deus em favor do povo. O pacto era uma promessa de que todos seguiriam o Senhor e obedeceriam aos Seus mandamentos, e isso de todo o coração e de toda a alma (2Rs 23.3).
“Só isso?” Por ora, somente isso, que já é grande coisa!
Se todos agíssemos assim, como seria a vida de nosso povo?

Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.