Reflexão

Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama,...

“ACASO, PODE UMA MULHER ESQUECER-SE DO FILHO QUE AINDA MAMA, DE SORTE QUE NãO SE COMPADEçA DO FILHO DO SEU VENTRE? MAS AINDA QUE ESTA VIESSE A SE ESQUECER DELE, EU, TODAVIA, NãO ME ESQUECEREI DE TI”. IS 49:15B (06/11/2009)


O profeta Isaías tem suas peculiaridades, uma delas é falar da vida com Deus, quando o coração já não mais está com o próprio Deus e continuar no exercício religioso, na formalidade fria e vazia. Por outro lado, fala também de uma forma maravilhosa, quando nosso coração está aquecido pela presença e compreensão graciosa do próprio Deus. Não faltam palavras e formas para descrever como e quando Deus cuida da gente, de seu povo.

Um grande desafio encontramos neste texto acima, em que somos convidados a participar refletindo, alçando esperança e experiências com o próprio Deus. Em Is 30:15, há algo importante, para que palavras tomem conta do nosso coração e possamos presenciar o poder cuidador e curador de Deus:”Voltando e descansando, sereis salvos; no sossego e na confiança estará a vossa força”.

Voltar aos braços de Deus, como um filho e filha, aprender a descansar nele, depositar aos seus pés nossos fardos pesados e árduos, nossas dívidas, nossas inquietudes marcadas pelas decisões meramente humanas e mesquinhas, termos silenciosas e sossegadas confissões de alma. Tudo isso nos recoloca no devido lugar, na presença de Deus e no mundo onde Deus nos despertou à vida. Não há força e poder que possa vir ao nosso encontro quando somos abastecidos pela copiosa presença e certeza de que Deus conosco está.

Deus sabe disto, por isso ele diz que nenhuma mãe pode esquecer do filho que ainda mama e se isto assim acontecer, contudo, com Ele jamais aconteceria em relação a nós. No seio de Deus somos timbrados e selados (Ef 1:1-14;4:30), pode o mundo nos esquecer, familiares, pai e mãe, a morte tragar nosso corpos, reduzir-nos à terra, à cinza e ao pó, mas Deus jamais se esquecerá de nós, de você ( Rm 8:14-17,31-39). Exercite-se na presença curadora, graciosa e paternal de Deus. Não há tesouro maior do que estarmos no coração de Deus e por Ele guardados, amados e alimentados, abastecidos pela sua esperança em cada dia de nossa vida! Meu abraço em Jesus Cristo a você!

Pr. Edgar Leschewitz

Veja mais Reflexão