Reflexão

A Fé Começa Em Casa – Jesus e o Uso do Seu Tempo



Todos os dias o Senhor cuida dos que são corretos; a Terra Prometida será deles para sempre. Quando os tempos forem difíceis, eles não sofrerão e terão o que comer em tempos de fome. (Salmo 37:18,19)

A boa administração do tempo é fundamental para que possamos desenvolver nossos dons e talentos, além de proporcionar o que é necessário na nossa vida espiritual, emocional, familiar, ministerial e profissional.

Nosso uso do tempo está relacionado com as nossa prioridades e valores. Se algo tem determinada importância, devemos dedicar tempo em quantidade e qualidade suficiente para obtermos o resultado desejado.

Independente de qualquer método ou ferramenta que você utilize, Jesus é o melhor exemplo de uso do tempo que podemos encontrar, pois conseguia realizar muita coisa durante o dia e à noite usando bem o seu tempo.

Ele dividia tão bem seu tempo que desenvolvia seu relacionamento com o Pai, com os discípulos e com as multidões. Além disto, em tudo que ele fazia, Deus Pai estava presente. Jesus não se iludia com as multidões, mas centrava seu tempo e ação naqueles que lhe eram mais estratégicos e vitais para que seu ministério terreno florescesse.

Observe que há muitas passagens em que os discípulos encontram Jesus orando. Não era a maior parte do seu tempo, mas ele dedicava tempo para a comunhão com o Pai. Estes momentos apesar de pequenos eram cheios da presença de Deus e grandiosas revelações aconteciam.

Em seguida observamos que, muitas vezes, ele ia orar e chamava os três discípulos mais chegados a ele: Pedro, Tiago e João. Muitos eventos importantes dos evangelhos ocorreram com estes discípulos, mas foram em número menor do que para as multidões, entretanto, sempre foram de muita profundidade e revelação a respeito do que Jesus estava fazendo, conferindo a Ele autoridade diante dos seus discípulos. Era uma forma de ensiná-los.

Os doze discípulos entravam em seguida. Ocorreram milagres entre eles, assim como as explicações de muitas parábolas, as quais não eram claras para as multidões. Estes certamente ouviam relatos dos três sobre o que tinha ocorrido no momento da oração com Jesus.

Os demais discípulos andavam com Jesus durante o dia e nas ministrações que ele fazia, auxiliando a gestão da multidão e transmitindo a estes o que Jesus pedia que fizessem.

Por último, entram as multidões, às quais dedicava a maior parte do seu tempo. Destas, muitas vezes Jesus se retirou para buscar o Pai. Jesus, uma pessoa muito ocupada, com um projeto de vida – uma missão, que necessitava empenho total para conseguir concluir bem, encontrava tempo para ouvir a Deus. Ele gastava seu tempo de forma distinta, porém cumulativa.

O tempo é o mesmo para todas as pessoas. Temos o dia (24 horas) e a semana (7 dias). Estes períodos são cíclicos e devemos usá-lo da melhor maneira possível para atingirmos nossos alvos e necessidades da nossa vida: pessoal, conjugal, familiar, profissional e ministerial.

Nossos alvos e metas pessoais devem estar ajustados com uma escala de prioridades semelhante à de Jesus:

Vida com Deus.
Vida pessoal.
Vida conjugal.
Vida familiar com cada filho.
Vida profissional.
Vida com ministério no corpo de Cristo.

Para organizar minhas tarefas e prioridades de vida eu tenho usado o método GTD (Getting Thinks Done) do David Allen com bons resultados, além de ferramentas online que me auxiliam na gestão do que desenvolvo. Mas isto não resolve tudo, é necessário termos o discernimento e a flexibilidade em cada situação.

Talvez você possa se sentir desanimado neste momento ao fazer uma reflexão sobre o seu uso do tempo. Não se sinta assim. A maioria de nós erra no uso do tempo em algum momento da vida. Não somos perfeitos como Ele é, mas podemos errar menos aprendendo com cada situação.

Certo sábado estava preparando a aula da Escola Bíblica Dominical e estava com dificuldade num ponto do tema que precisava compreender melhor, e meu filho mais novo queria atenção. Eu não lhe dava a atenção necessária porque queria terminar a preparação da aula. Então, minha esposa me chamou de lado e falou o quanto seria importante para ele este tempo, era o momento adequado, pois ele estava aberto à interação comigo.

Entendi seu recado, parei o que estava fazendo e fui lhe dar atenção. Foi um momento muito bom com ele. Depois voltei ao que estava fazendo e o tema fluiu com muita facilidade. No dia seguinte ao ministrar, senti a presença de Deus comigo me orientando durante a aula.

É como se, ao dedicar meu tempo ao meu filho, no dia seguinte meu Pai dedicasse tempo à mim. Fazer a coisa certa na hora certa nos edifica e faz sentir bem.

Tome hoje uma atitude de reajustar suas prioridades e o uso do seu tempo, Deus irá recompensá-lo.

PARA EXERCITAR COM SEU CÔNJUGE

Minha escala de valores está de acordo com os princípios de Deus?
Minha capacidade e meu tempo estão sendo usados de modo correto e produtivo?

“Pai celestial, consagro a Ti o meu tempo e as minhas prioridades. Que eu entenda como deva proceder e tome as atitudes corretas a cada dia. Perdoa-me por todos os momentos em que agi de maneira diferente disto e vem agora me ajudar a corrigir isto com Teu amor sendo derramado sobre meus relacionamentos. Amém!”

Luis Antonio Luize

ICHTUS
Ajudando Você a Crescer

 


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.