Reflexão

Novidade de Vida – Recomeço



Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar. (Apocalipse 2:5)

Uma das coisas mais lindas que acho do Reino de Deus é a liberdade que o Senhor nos dá de percebermos onde erramos e acertar a caminhada. Toda história do povo de Israel nos ensina isso: mesmo cometendo graves erros a oportunidade de conserto vinha em tempo oportuno.

Contudo, eu guardo duas preocupações em meu coração a respeito deste tema: menosprezo e procrastinação. São duas palavras bonitas e complicadas, mas fáceis de entender.

De tanto que Deus é bom que as pessoas tendem a menosprezar a sua justiça. O versículo que lemos nos mostra muito nitidamente o que acontece com quem não se arrepende. Tirar o candelabro (um tipo de lâmpada a vela ou a querosene) representa tirar a luz, lançar nas trevas, deixar no escuro. Nem vou comentar, acho que isso se explica por si. Ficar nas trevas é ruim. Não se iluda meu querido, não somos donos do tempo como não mandamos nas ondas do mar, apenas surfamos quando elas vêm. Temos oportunidade de arrependimento, mas isso deve ser feito e não ignorado. Lembre-se de onde caiu e volte lá para consertar.

Procrastinar é o ato de deixar para depois, é pensar que vai dar tempo mais tarde. Arrepender-se é um ato imediato e não algo para ser planejado e repensado inúmeras vezes. Voltar às primeiras práticas é para já e não para amanhã. Não somos donos do tempo (lembra?). Mas a correria deste tempo presente parece cumprir o que Paulo disse em Romanos 16:20 de um jeito muito bizarro, ou seja, abreviando o tempo de maneira estranha – nós é que corremos demais.

Se adequadamente usada, a misericórdia e a tolerância de Deus para com a nossa fraqueza servirá para nosso aperfeiçoamento e não para perdição. Uma vida que pretende andar em novidade é uma vida de reavaliação e recomeço constante. É uma tal de “sonda-me ó Deus” constante e permanente. Sem parar, sem desistir, sem vacilar.

Recomeçar não é motivo de vergonha, vergonhoso será a condenação de Deus. Arrepender-se dói (na verdade, dói muito) mas é o caminho da cura. Voltar às primeiras obras é pesado e exige bastante esforço, mas dá resultados e vale a pena.

Eu tenho clamado por misericórdia e proteção pela minha casa e pela minha igreja praticamente todos os dias. Tenho encontrado consolo na Palavra de Deus diariamente. Mas reconheço que tenho sacrificado o que é importante no altar do deus da urgência. Tudo é urgente, daí o importante se perde. É tempo de mudar, de refazer, de recomeçar. É tempo de acertar a caminhada para poder chegar no destino.

“Senhor, eu me arrependo dos desvios que eu mesmo coloquei no Teu caminho para minha vida. Eu errei, eu fui arrogante achando que sabia para onde ir. Pega na minha mão e me leva para mais perto de Ti, onde eu possa ouvir Tua voz e te obedecer.”

Mário Fernandez


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.