Reflexão

Uma igreja não tendo uma mensagem mas, sendo uma mensagem!



Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelo outros(Jo 13:5)

Prezado leitor, este é o desafio! Necessitamos sair da tribuna e do púlpito do discurso. Necessitamos sair do ensino teórico e abstrato, como sendo o apenas e necessário útil para nós cristãos. “Cabeça” cheia de doutrinas e conhecimento bíblico não ajudam em nada, se no transcurso de nossos relacionamentos não alteram nosso coração, nossas palavras ditas, nossa forma de olhar para quem está do nosso lado. É preciso entender que a vida cristã, em nossa vida, é aquilo que experimentamos nos relacionamentos. O grau de nossos relacionamentos, como eles andam e estão, é a medida exata de como captamos a mensagem do Evangelho, transferido para dentro de nossa vida. Podemos fazer cursos e mais cursos, ouvir bons preletores, e os melhores, ler e decorar toda a Bíblia, mas se isto não mudar o “velho Adão” em nós nos relacionamentos, na irmandade cristã, ainda continuamos sempre ouvindo, nos contemplando na mensagem, mas não permitindo Cristo ser forjado em nós (II Tm 3:7; Tt 1:16; Tg 1:21-27).

Jesus pensou em seus discípulos que não simplesmente tivessem uma mensagem a dizer ao mundo, mas que a própria forma de ser e de ser relacionar fossem a mensagem do Evangelho (Jo 13:34-35). Quando estudamos o relato de Lucas, em Atos dos Apóstolos, vamos percebendo que o atrativo de pessoas à Comunidade cristã não foram os bons e belos discursos, mas a forma de como viviam e como se relacionavam. Uma vez alguém disse: Pastor não gera ovelhas, ovelhas geram ovelhas! Talvez aqui esteja o caminho prático da reflexão!

Na disposição de percorrer esta carreira e jornada consigo em Cristo, meu abraço,

Pr. Edgar Leschewitz


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.